acompanhe

Eurotrip 2017!

18/09/2017

Pretendia fazer um diário de viagem. Registrar os acontecimentos a cada dia. Dessa vez, mais uma vez, pretendia. 
Mas fico tão envolvida quando num contexto novo, imersa, que nem dá vontade. Nem sobra Marina pra isso. Meus sentidos ficam ansiosos pelo que vem. Tudo tão novo, outras línguas, costumes, comportamentos, formas, cores, sons, aromas, gestos, ares. Me deixo levar.
Me deixar levar é meu maior interesse, e esse cresce, e a ele me dedico. 
Como hoje em dia sei que tudo
 vira corpo, então tá tudo contido aqui, o que me tranquiliza. Inscrito, ainda que não escrito. Ainda que detalhes se percam, mesmo sabendo que minha memoria consciente não é das mais confiáveis.
Talvez ainda anote posteriormente o que ocorreu a cada dia dessa viagem linda que estou tendo a oportunidade de dividir com dois seres que amo profundamente, meus irmãos, e que prossegue, mas nenhuma palavra e nem páginas de papel que se perderão com o tempo darão conta de conter o que tem sido experienciado.
Tudo se transforma o tempo todo, mas intensifico-me.